http://www.radiohertz.pt/?pagina=noticias&id=18592

O Dia Um de Março, Feriado Municipal, ficou marcado pela realização de um conjunto de iniciativas, de entre as quais a apresentação de uma nova identidade gráfica do Município que, a partir de agora, será alargada a toda a comunicação institucional e promocional da autarquia.
Está em causa a Marca Templária, que aparece associada ao nome de Tomar, com a Cruz Templária bem evidente, ainda que com uma alteração no respectivo preenchimento. Quem não gostou da mudança foi o Partido Social-Democrata. O vereador João Tenreiro aproveitou a oportunidade e chamou à equação outras mudanças introduzidas pelo executivo PS, nomeadamente a alteração da data de comemoração do aniversário dos bombeiros municipais, a designação de Palácio D. Manuel ao edifício da Câmara Municipal e ainda a tentativa falhada de criação de uma moeda para o comércio local. João Tenreiro diz mesmo que o PS criou o “Tomar Inventa”: «Acho que a senhora presidente pode trazer uma equipa de projecto que é o Tomar Inventa. Já falámos sobre a questão do aniversário dos bombeiros, que foi alterado sem se saber porquê depois de um estudo feito por uma empresa… concluiu que a data deveria ser alterada. Houve aqui o Tomar Inventa. A certa altura também houve a tentativa de lançar uma moeda, que era o Templário, mas depois o projecto também ficou abortado. Mais uma iniciativa deste Tomar Inventa. E agora aparece este logotipo. Já começamos a vilipendiar e até a ultrajar a Marca Templária. Esse logotipo que foi criado tem o registo pedido? Foi pedida a autorização? Há aspectos que já começam a roçar o ridículo. Há despachos da senhora presidente que dizem ser feitos no Palácio D. Manuel… Porquê Palácio D. Manuel? Isto são os Paços do Concelho! Parece que estamos mesmo a formar uma equipa de projecto que é o Tomar Inventa».