Coligação PS, CDU e IPT, Critica decisões do Executivo Camarário e contas são aprovadas com abstenção de um membro dos IPT e outro da CDU. 
Sem um único munícipe a assistir, reuniu na tarde da última terça-feira, 22-04-2014 a Assembleia de Freguesia de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais.
Com efeito, o horário,16 horas foi muito criticado pela generalidade das forças políticas revelou-se pouco convidativo à participação das pessoas e nem o facto de pela primeira vez a convocatória ter sido publicada na imprensa local, atenuou esse problema.
De resto, esta foi uma sessão algo agitada com as intervenções  mais críticas a saírem da bancada do PS, partido que lidera a Junta Urbana e Câmara Municipal. Essas críticas visaram decisões do executivo camarário, por um lado foram expressas muitas preocupações quanto ao teor dos protocolos através dos quais a Câmara pretende transferir para as juntas algumas competências, por outro foi bastante visado o Vereador Rui Serrano que depois de ter assumido o compromisso de estar presente numa sessão extraordinária da Assembleia de Freguesia, que chegou a ter edital afixado e convocatórias para os membros da assembleia, para o dia 10 de Abril, recusou estar presente numa assembleia que serviria exclusivamente para análise do PDM.

No mais, seis votos a favor (cinco do PS e um dos IpT) e seis abstenções (quatro do PSD, um dos IpT e um da CDU) foi o resultado da votação que aprovou o relatório e prestação de contas do último trimestre de 2013, numa assembleia que terminou com a generalidade dos membros a recomendar que as futuras sessões tenham início às 20h30.